Escolha uma Página

Poderíamos habitar um espaço menos funcionalista e mais poético? Que efeitos isso provocaria nas nossas existências?

O Oficinar o Habitar propõe através de diferentes exercícios de sensibilização (música, dança, imagens, vídeos, desenho, maquetes…) a redescoberta de sensações, experiências, memórias e desejos que, frequentemente negligenciados, merecem ser reconduzidos ao cotidiano.

A oficina tem o propósito de disparar atenção e reflexão tanto sobre a experiência de habitar a casa e a cidade quanto em relação às qualidades do espaço construído. O elemento terra traz para essa edição da oficina a ideia de que “Construir é Viver” (Lina Bo Bardi) bem como a atitude do fazer e a confiança na singularidade. Ao realizar a maquete da própria casa e preencher ela de afetos busca-se clarificar quais atitudes e práticas merecem ser intensificadas e quais são os espaços que merecem ser reconfigurados para tal fim. É para dar suporte a dimensão pública dos nossos desejos e propósitos que o espaço construído pode vir a ser um aliado dos nossos modos de ser e viver.

É destinada a pessoas que buscam ou se encontram em um processo de transformação do espaço (ou de si) e que queiram desenvolver nele uma atenção ativa, poética e afetiva. Destinado também a estudantes que queiram desenvolver ou se aproximar do tema dos modos de habitar a casa/cidade.

http://www.3margem.com.br/
https://www.facebook.com/terceiramargemarquitetur

 

..::SERVIÇO
o que: Oficinar o Habitar / Módulo Terra c/ Coletivo Terceira Margem (RJ)
quando: dias 07 e 08 de Novembro (sempre a partir das 9h)
onde: TransLAB (Rua Professor Duplan 146, Rio Branco)
quanto: R$ 200 até 15 de Outubro / R$ 250 após essa data
– à vista em dinheiro, cartão de débito, depósito, paypal.
– parcelado 3x em cheque, cartão de crédito.
*somos abertos para outras propostas de pagamento. Se tiver interesse é só entrar em contato no oi@translab.cc