Escolha uma Página

“Se a passagem aumentar, Porto Alegre vai parar”. Com esse espírito, os porto-alegrenses foram às ruas ontem (18/02) protestar contra o aumento da passagem de ônibus. Centenas de pessoas marcharam pelo Centro da cidade, em protesto que terminou em frente à Prefeitura Municipal.
O Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre protocolou pedido de aumento de 15,8% na passagem. Dessa forma, andar de ônibus em Porto Alegre custaria R$3,30, uma das passagens mais caras do Brasil. O sindicato justifica o aumento devido à queda do índice de passageiro pagante por quilômetro rodado após a implementação da passagem integrada, onde o usuário não paga pela segunda condução.
Recentemente, o Tribunal de Contas do Estado contestou a forma como o valor da passagem é calculado em Porto Alegre. Após análise técnica, o órgão avaliou que o preço deveria ser reduzido para R$2,60.
Hoje, rodoviários se juntaram ao protesto, operando de forma deliberadamente lenta em alguns horários da manhã e da tarde.